Entenda as diferenças entre os tipos de perfil de pneu!

    Powered by Rock Convert
    Facebook - Comentários

    Powered by Rock Convert
    Compartilhe
    Powered by Rock Convert

    Todos reconhecemos o quanto os pneus são componentes versáteis, já que interferem diretamente na dirigibilidade, segurança e estabilidade de um veículo. Eles também contribuem com a estética do modelo, conferindo destaque ao conjunto.

    Por isso, no conteúdo a seguir abordaremos uma característica fundamental ao momento da escolha: o perfil de pneu. Afinal, você sabe do que se trata tal especificação? Podemos garantir que essa é uma informação importante principalmente ao desempenho do seu automóvel.

    Sendo assim, reunimos e respondemos as principais curiosidades sobre o tema, para evitar que você seja prejudicado com a escolha errada. Acompanhe!

    O que é o perfil de pneu?

    O perfil nada mais é do que a altura relativa de um pneu. Isso pode ser verificado rapidamente, observando a seção de borracha que existe entre a parte que encosta no solo e aquela que faz margem com a roda. Confira dois casos:

    • carros esportivos utilizam perfil baixo, a exemplo do Chevrolet Camaro Cupê, com rodas de 20” em pneus com perfil 40 e 35 (dianteiros e traseiros, respectivamente);
    • veículos utilitários usam perfil alto, como a Chevrolet S10 Cabine Simples, com rodas de 16” em pneus com perfil 70.

    Conseguiu visualizar? Automóveis esportivos, luxuosos e velozes tendem a utilizar perfis menores, que contribuam com esse propósito. Já os utilitários e comerciais costumam preferir soluções com maior altura, garantindo uma performance mais coerente à sua finalidade.

    Como ele pode ser calculado?

    O perfil é uma medida percentual relativa à largura do pneu. Então, retornamos aos nossos exemplos: o Camaro utiliza pneus baixos, já que apresentam 35% e 40% da largura desse componente. Já a caminhonete S10 aposta no perfil alto, com pneus que trazem uma faixa de borracha correspondente a 70% de sua largura.

    Além disso, é importante aprender a identificar a medida ao visualizar os pneus em uma loja. Considere como exemplo essa demarcação:

    185/70 R 14 80 T

    Agora, entenda que:

    • 185 indica a largura da banda de rodagem em milímetros;
    • 70 aponta a altura do pneu (portanto, seu perfil);
    • R demonstra sua forma de construção, que é radial;
    • 14 aponta o diâmetro interno em polegadas, sendo a indicação adequada às rodas;
    • 80 representa o índice máximo de carga para cada pneu (nesse caso, 450 kg);
    • T simboliza o parâmetro de velocidade máxima suportada pelo componente (nessa situação, 190 km/h).

    Quais são as principais vantagens de cada alternativa?

    Como é natural a todas as alternativas, existem prós e contras. Portanto, falaremos sobre as principais características dos pneus com perfil alto e baixo, para aprimorar sua tomada de decisão no momento de substituir esse conjunto. Confira!

    Perfil baixo

    Os pneus de perfil baixo são as melhores escolhas para a estética, o desempenho e a dirigibilidade do veículo. Esteticamente, isso acontece porque os modelos mais baixos entregam uma menor seção emborrachada e utilizam rodas maiores, conferindo um ar mais esportivo ao veículo.

    Quando se trata de performance, os motivos são inúmeros. Como exemplo, perceba que os pneus de perfil baixo tendem a ser mais largos, o que contribui com a aderência do veículo às estradas e, por consequência, aprimora a eficiência na frenagem ou no controle de velocidades, seja em arrancadas ou na sustentação.

    Perfil alto

    Já os pneus de perfil alto atendem a outra finalidade. A maior seção emborrachada implica em uma câmara maior e, portanto, com mais ar. Sendo assim, pneus mais altos e com rodas menores apresentam melhor absorção ao impacto em buracos, bastante comuns nos asfaltos nacionais.

    Nessa circunstância, os pneus de perfil alto são mais resistentes e adequados a terrenos acidentados e vias irregulares. Eles filtram essas irregularidades com maior facilidade, sem prejudicar o conforto na cabine ou se sujeitar a rasgos em sua superfície.

    Quais cuidados são essenciais com a mudança de perfil?

    O proprietário que deseja alterar o conjunto de pneus para outro com perfil diferente deverá atentar a algumas questões. Afinal de contas, essa modificação costuma interferir no diâmetro das rodas e, portanto, na aferição de velocidade do veículo. Por isso, reunimos quais são os dois principais cuidados a serem tomados pelos consumidores. Veja!

    Calibragem

    A transição de perfis sempre terá implicações na calibragem do conjunto, já que as alternativas também apresentam diferenças nesse momento. Perceba, inclusive, que os pneus de perfil alto são mais tolerantes à falta de cuidados ao calibrar, pois demoram mais tempo para a despressurização, além de não sofrerem tão violentamente com um ajuste inadequado.

    Mas isso não acontece com os de perfil baixo! Qualquer pressurização excessiva será suficiente para que o pneu se arrebente na primeira irregularidade violenta que encontrar, exigindo mais atenção por parte do proprietário para evitar situações inconvenientes.

    Utilização

    Esse é o ponto mais crucial de toda a escolha. Afinal, qual é o propósito do seu veículo? Você trafega com frequência por terrenos acidentados? Transporta cargas regularmente? Qual é sua velocidade de circulação? Percebe? Os pneus de perfis alto e baixo existem para atender a propostas completamente diferentes.

    Caso você tenha um veículo para track-day e deseje uma performance mais agressiva nas pistas, faz todo o sentido apostar em perfis baixos. Em contrapartida, não é nada recomendável instalar pneus de perfil baixo em uma caminhonete que faz constantes viagens à região rural.

    Por isso, para evitar danificar a suspensão do seu carro e os demais componentes periféricos, tente se ater às especificações originais do modelo ou, ao menos, respeitar a utilização recorrente do veículo. Apenas dessa maneira é possível não ter desconforto e valorizar a segurança nas estradas.

    Por que é importante contar com um fornecedor confiável?

    Como você sabe, pneu é um assunto sério. Trata-se de um componente determinante para a proteção de todos no trânsito e, justamente por essa razão, você precisa encontrar uma equipe séria e competente para auxiliar no momento da escolha.

    Caso tenha dúvidas, é preciso estar em um ambiente onde se sinta confiante, cercado por profissionais com conhecimento de causa — que sejam capacitados para instruí-lo e oferecer as melhores marcas do mercado. Em resumo, é fundamental contar com uma empresa tão comprometida com a sua segurança quanto você mesmo!

    Gostou de saber mais sobre o perfil de pneu? Então, aproveite para aprofundar seus conhecimentos no tema e descobrir quais são as estradas mais seguras do Brasil!

    Facebook - Comentários

    Powered by Rock Convert
    Compartilhe