Tudo o que você precisa saber sobre a vela do motor

    Facebook - Comentários

    Compartilhe

    Todo motorista sabe que, para o carro ter uma boa performance, o motor deve funcionar perfeitamente. Portanto, é indispensável estar atento à saúde do veículo para que sua vida útil seja prolongada e as peças cruciais, como a vela do motor, estejam sempre em excelente estado.

    Além da manutenção periódica, entender um pouco sobre como atua o motor do veículo vai ajudar bastante. É importante saber que a vela de ignição, por exemplo, precisa de cuidado dobrado, já que influencia diretamente na potência do automóvel e é necessária para que o motor do veículo funcione corretamente.

    A seguir, falaremos sobre este componente muito básico, porém fundamental para que os carros funcionem. Se você quer saber mais sobre o que é, quando trocar e qual a função das velas de ignição, continue lendo nosso artigo!

    Qual é a função da vela do motor?

    Em um motor de combustão, dentro dos pistões o combustível é comprimido, misturado com oxigênio e queimado, produzindo energia para que o veículo se movimente. Seus gases são expelidos para o escapamento no próximo ciclo. Mas o que faz essa mistura de combustível com oxigênio ser queimada?

    É aí que aparecem as velas de ignição, acionadas a cada ciclo do motor. Ou seja: elas têm a função de gerar a faísca responsável por realizar a queima do combustível no motor, ação que faz com que o pistão desça rapidamente, movimentando outras peças e, consequentemente, o carro.

    São milhares de faíscas produzidas a cada minuto. Portanto, sem esse mecanismo básico e de funcionamento simples, seu veículo não funcionaria.

    Como saber se está na hora de trocar as velas?

    Velas que se encontram danificadas podem ameaçar o funcionamento do motor, gerando acúmulo de resíduos no combustor, aumento no consumo de combustível e emissão de poluentes pelo escapamento. Então, é preciso ter atenção quanto ao momento certo de trocá-las.

    Fique de olho nos sintomas

    Para ajudá-lo, separamos alguns sintomas que indicam que você pode ter um problema com as velas do seu carro. Se algum deles for identificado no veículo, é recomendável procurar um mecânico de confiança. Confira:

    • dificuldade para dar a partida;
    • solavancos no motor;
    • perda de potência;
    • consumo de combustível acima do habitual;
    • problemas na rotação.

    Saiba o momento certo

    A maioria dos fabricantes recomenda que as velas de ignição sejam verificadas a cada dez mil quilômetros rodados ou 12 meses. Como o período de troca varia, o ideal é sempre verificar no manual do proprietário do veículo o intervalo recomendado para a substituição da peça.

    Também é possível analisar por conta própria as condições das velas e notar se elas precisam ou não ser substituídas. Caso a peça esteja amarelada, acinzentada ou em tons de marrom, talvez esteja chegando ao fim de sua vida útil e necessite ser trocada o mais rápido possível.

    Defeitos na vela do motor são facilmente detectados e prevenidos com observação e cuidados básicos. Por isso, sempre faça as manutenções preventivas para manter a saúde do seu carro em dia. Embora seja uma peça barata, o mau desempenho e os defeitos da vela do motor podem causar graves efeitos.

    E então, gostou deste artigo? Se você quer aprender ainda mais sobre o assunto, aproveite e confira nosso conteúdo com 5 dicas para cuidar do motor do seu carro!

    Facebook - Comentários

    Compartilhe